Aviso legal

  • Nome da empresa: SAS HYGGE HOTELS
  • Escritório registado: Hôtel des Ducs - 5 rue Lamonnoye - 21000 DIJON
  • Capital social: 3 403 000 euros
  • Mail: contactar (@) hoteldesducs.com (para nos escrever, copiar o endereço, apagar espaços e parênteses)
  • Telefone: +33 (0)3.80.67.31.31
  • Número de IVA intracomunitário: FR 23 827 715 392
  • Número Siret: 827 715 392 00029

Termos e condições gerais de venda

  • Condições de reserva : O montante do alojamento é deduzido uma vez decorrido o período de cancelamento sem encargos
  • Condições de cancelamento e reembolso: específicas para cada reserva
  • Animais: O nosso estabelecimento aceita animais mantidos com trela no interior (com um suplemento de 15 euros por dia). Por razões de higiene, não são permitidos ao pequeno-almoço. Durante os seus passeios, eles não estão autorizados a ficar sozinhos no seu quarto.
  • Chegada: os quartos são acessíveis a partir das 15 horas.  
  • Partida: agradecemos-lhe por deixar o seu quarto antes das 11 da manhã (podemos evidentemente guardar a sua bagagem no dia da sua partida). Aceitamos pagamento por cartão de crédito (Mastercard, Visa, American Express), dinheiro ou vouchers de férias. Os pagamentos por cheque não são aceites. 
  • Cama de bebé: fornecemos uma cama de bebé gratuita para crianças com menos de 3 anos de idade, mediante reserva e de acordo com a disponibilidade.
  • Objectos de valor: o hotel não é responsável pelos objectos de valor deixados nos quartos e fornece um cofre na recepção.
  • Pequeno-almoço: o nosso pequeno-almoço buffet (12 euros por adulto, 6 euros por criança) está aberto das 6h30 às 10h00. 
  • Recepção: a recepção está aberta das 6.30h à meia-noite. Agradecemos-lhe por nos informar em caso de chegada depois das 23 horas
  • Taxa turística: 1,65 euros por pessoa (com mais de 16 anos) e por dia.

Mediador

  • O Mediador pode ser contactado através do formulário online "https://www.service-public.fr/particuliers/vosdroits/R46367".
  • IMPORTANTE: A reclamação deve ser apresentada ao oficial de Mediação no prazo de um ano após a reclamação escrita do consumidor ao profissional. 
  • Este encaminhamento só pode ser feito se o profissional der uma resposta negativa ou não responder no prazo de 60 dias.